GABRIELA ALVES PROMOVE ENTREGA DE ALIMENTOS NOS SETORES PALMARES E SÃO BERNARDO

“A prefeitura está nos quatro cantos, todos os dias, em todos os momentos atendendo a população”, afirmou a secretária de Assistência Social, Gabriela Alves. Cestas contendo produtos como café, farinhas de mandioca e para cuscuz, óleo de soja, açúcar, arroz e feijão, entre outros, foram entregues para pessoas no cadastro da secretaria

GABRIELA ALVES PROMOVE ENTREGA DE ALIMENTOS NOS SETORES PALMARES E SÃO BERNARDO

A prefeitura de Trindade fez a distribuição de cestas básicas nesta sexta-feira (22/10) para famílias cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social na Região Leste. A secretaria atendeu solicitação do vereador Jonathan Reis para beneficiar famílias dos setores Palmares e São Bernardo.

São dois bairros populosos e com grande número de famílias em situação de vulnerabilidade alimentar. Foram entregues cestas contendo produtos como café, farinhas de mandioca e para cuscuz, óleo de soja, açúcar, arroz e feijão, entre outros.

“Mais uma vez a Prefeitura se faz presente na Região Leste, dessa vez atendendo a solicitação do vereador Jonathan Reis para contribuir com a comunidade mais carente”, afirmou a secretária Gabriela Alves, titular da Assistência Social de Trindade. “A prefeitura está nos quatro cantos, todos os dias, em todos os momentos atendendo a população”, reforçou ela.

O vereador explicou que não foi a primeira vez que solicitou o apoio da Prefeitura esse ano para atender as famílias necessitadas da Região Leste. Segundo ele, após identificar que a situação da pandemia ainda afeta economicamente os moradores da região, fez novo pedido para entrega de cestas e participou ativamente desse trabalho.

“A população de baixa renda precisa dessa ajuda e muita gente estava nos procurando neste sentido”, relatou Jonathan Reis. O parlamentar finalizou concluindo que “as cestas chegaram na hora certa”.

O testemunho do agente de endemias Carlos Bento dos Santos, de 65, comprova isso. Enquanto colocava a cesta básica em cima de uma motoneta ele discorria sobre as dificuldades vividas em casa, “com a esposa muito doente de pancreatite e uma filha com cinco crianças para cuidar, sozinha”.

Ajuda vital

Muito conhecedor da região, onde atua há 18 anos, Carlos disse que a entrega da cesta de alimentos “é uma ação de salva muita gente da fome por aqui”.

“A prefeitura sentiu a dificuldade das pessoas”, completou outra beneficiada com a cesta, a dona de casa Ilda Lopes Coelho, 72. Ela agradeceu também ao vereador por ter divulgado a entrega dos alimentos às famílias cadastradas.

Relatando o sofrimento causado pela renda baixa, a também dona de casa Marta Lima Freitas, de 63, disse que estava feliz pela cesta. “Está tudo cada dia mais caro e o salário muito baixo”, descreveu.

Para quem está sem qualquer renda, como o morador Antônio Rodrigues, de 62 anos, foi muito boa a ajuda reivindicada pelo vereador e realizada pelo município.