LÊDA BORGES PEDE RETORNO DE ATENDIMENTOS A CRIANÇAS COM FISSURAS LABIOPALATINAS EM GOIÁS

LÊDA BORGES PEDE RETORNO DE ATENDIMENTOS A CRIANÇAS COM FISSURAS LABIOPALATINAS EM GOIÁS

Durante sessão plenária da Assembleia Legislativa (Alego) nesta terça-feira, 29, a deputada estadual Lêda Borges pediu o retorno dos atendimentos a crianças com fissuras labiopalatinas em Goiás. Na Tribuna, a parlamentar leu uma carta em que as famílias de crianças com esta condição denunciam o fechamento do Centro de Reabilitação de Fissuras (Cerfis) há quatro meses e a falta de tratamento adequado desde então. 

A deputada lembrou que, até hoje, as crianças aguardam a transferência do Cerfis, que funcionava Materno-Infantil, para o Hospital da Criança e do Adolescente (Hecad). Segundo ela, as famílias e crianças têm sofrido com a falta de apoio e atendimento adequado. 

"Venho aqui hoje reproduzir a súplica das mães de fissurados e sensibilizar o Governo para que possa cumprir sua promessa. Em Goiás, as mães dessas crianças estão desesperadas, sem tratamento e orientação. Essas mães e pacientes têm se sentido abandonados. A cada dia sem tratamento, as crianças sofrem sequelas físicas e psicológicas, como discriminações e dificuldades para aprender e para falar [...] governador, suplicamos que olhe para os fissurados do Estado, que estão sem atendimento", disse ao ler trecho da carta.