PREFEITURA E SEBRAE AGORA OFERECEM CONSULTORIA GRÁTIS UMA VEZ POR SEMANA A MICROEMPREENDEDORES E MICROEMPRESÁRIOS DE TRINDADE

PREFEITURA E SEBRAE AGORA OFERECEM CONSULTORIA GRÁTIS UMA VEZ POR SEMANA A MICROEMPREENDEDORES E MICROEMPRESÁRIOS DE TRINDADE

Para ser atendido, o interessado deve agendar horário com o consultor do Sebrae pelo telefone da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Serviços: 3506-7022. “O consultor está apto a fazer um raio-x da empresa, dar orientações de marketing, organizar os processos, dicas para melhorar o fluxo de caixa e tudo totalmente de graça”, afirma o titular da secretaria, Gustavo Queiróz

A partir deste mês, toda segunda-feira haverá um consultor do Sebrae na Sala do Empreendedor localizada na Prefeitura de Trindade, dentro da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços. O consultor vai fazer um atendimento especializado gratuito para microempresários e microempreendedores individuais do município.

Antes, a consultoria era a cada quinzena, segundo destaca o secretário Gustavo Queiróz, mas o crescente interesse fez com que Prefeitura e Sebrae ampliassem o atendimento que agora passa a ser semanal podendo até ser em mais dias da semana se a procurar continuar alta.

“Este consultor está apto a fazer um raio-x da empresa, dar orientações de marketing, organizar os processos, dicas para melhorar o fluxo de caixa e tudo totalmente de graça, na nossa Sala do Empreendedor”, afirma o secretário.

Para ser atendido, o interessado deve agendar pelo telefone 3506-7022. O consultor desta segunda-feira (28/03), foi Marcos Humberto. Ele atendeu a família de Higor Aires, dono de uma hamburgueria no Jardim Marista, na Região Leste de Trindade.

“Entre outras informações, prestei orientações sobre gestão financeira e gestão de pessoas para eles”, revela o consultor. E o que foi ensinado deixou Hígor bem animado.

“Esse atendimento vai melhorar muito o ambiente da empresa e aí tenho condições de inovar mais a cada dia”, citou. Segundo ele, as dicas sobre gestão de pessoas foram muito importantes devido às dificuldades que tem encontrado para contratar funcionários comprometidos com o ritmo da sanduicheria.

“Aprendi como adaptar para ter mais rendimento, então saio com uma visão totalmente diferente”, relatou ele que está há mais de dois anos no ramo.