NA AGRICULTURA, AÇÕES DA PREFEITURA GARANTEM PROTEÇÃO A ANIMAIS E AO MEIO AMBIENTE, CUIDADOS COM FEIRANTES E CAPACITAÇÃO

NA AGRICULTURA, AÇÕES DA PREFEITURA GARANTEM PROTEÇÃO A ANIMAIS E AO MEIO AMBIENTE, CUIDADOS COM FEIRANTES E CAPACITAÇÃO

BALANÇO - 101 ANOS DE TRINDADE

Implantação de assistência veterinária para animais abandonados, acolhidos por abrigos ou de famílias vulneráveis. Entrega de cestas básicas para feirantes no período de suspensão das feiras. Recolhimento de sobras para produção de compostagem. Coleta de vasilhames de agrotóxico e de óleo usado, evitando contaminação.

Estas são algumas das ações da Prefeitura de Trindade, por meio da Agência Municipal de Agricultura e Abastecimento, no primeiro semestre de 2021.

Na proteção dos animais, a agência foi a responsável por uma parceria pioneira com a Faculdade União Goyazes que garante atendimentos clínicos e ambulatoriais para animais de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Dentro do Projeto Vida de Pet, em menos de dois meses foram realizados 140 atendimentos. Também procedimentos cirúrgicos estão programados para acontecerem na Clínica-Escola de Veterinária UniGoyazes.

A intenção do prefeito Marden Júnior foi suprir uma demanda antiga, ao garantir dignidade e proteção aos animais de quem não possui recursos, por meio de uma clínica de referência em veterinária, apoiada pelo poder público.

O papel da prefeitura é fornecer os insumos ao atendimento. As famílias que serão beneficiadas são inscritas nos cadastros dos programas sociais voltados à baixa renda.

Para o Pacto pela Vida, em parceria com a Secretaria de Assistência Social, a Agência Municipal de Agricultura e Abastecimento mapeou os feirantes cadastrados em Trindade com situação mais vulnerável no primeiro semestre, quando decretos municipais restringiram atividades, impactando o setor. Eles receberam cestas básicas e kits com produtos de higiene enviados pela Prefeitura de Trindade.

A agência também foi incumbida de orientar os feirantes no retorno gradual sobre os protocolos para conter a disseminação da Covid-19. Mas a iniciativa de maior impacto no setor foi em julho, com a transferência das feiras da Terra e de Domingo, que ocorriam junto ao Terminal Rodoviário de Trindade, que está em reforma, para o Centro de Eventos e Feiras Juarez de Almeida Freire, o Carreiródromo.

No novo local, comerciantes e frequentadores encontraram muito mais espaço para estacionar, circular e armar barracas, com oferta de provadores e um número bem maior de banheiros, totalmente equipados. Se os feirantes desejarem ficar no local definitivamente, a Prefeitura vai articular nos próximos meses para que a Feira de Domingo seja reconhecida como a maior feira coberta do Centro-Oeste.

Para ajudar na alimentação das crianças, a Agência Municipal de Agricultura e Abastecimento implantou o Projeto Horta Escolar para o plantio em algumas unidades municipais em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e a empresa Itagi Agro.

Na fase inicial, foram feitas hortas em duas escolas e um Cmei de Trindade. Mais duas devem ter o plantio nos próximos dias.

Essas hortas e outros plantios da cidade recebem adubo resultado do Projeto Compostagem, coordenado pela agência, com a coleta de material orgânico que sobra nas feiras livres de Trindade. O prefeito doou área específica para esse trabalho e ela deve ser utilizada ainda neste semestre para ampliar a produção de adubo.

O Projeto Horta Escolar tem os objetivos de incentivar os alunos para uma alimentação saudável, abordar a sustentabilidade, as dificuldades do setor agrícola e até alertar para questões como o uso indiscriminado de agrotóxicos.

Os participantes ainda ganham experiência no trabalho em equipe e no manejo com a terra. O projeto integra recursos de aprendizagem, gera fonte de pesquisa e observação de campo, estimulando reflexões diversas.

Em atenção ao meio ambiente, no primeiro semestre, a Agência Municipal de Agricultura e Abastecimento lançou o Recicla Óleo, um projeto que recolhe o produto usado por famílias e empresas e em troca entrega detergente. Cada litro de óleo usado rende 500 mls de detergente.

O projeto foi lançado no final de abril. Já foram recolhidos 2.750 litros de óleo e entregues 1.375 litros de detergente.

O aproveitamento do óleo é feito em parceria com a empresa Mundi Ambiental. As trocas são feitas nos Ecopontos: Centro Administrativo Prefeito Pedro Pereira da Silva, Feira de Domingo no Carreiródromo, secretarias municipais de Saúde, de Desenvolvimento da Região Leste e de Assistência Social, Cmei Joaquina Vicente Braz, Setor Sol Dourado, Escola Municipal Padre Antão, na Vila Barro Preto e na Escola Pinguinho de Gente.

Ainda por proteção ao meio ambiente a agência estimulou o descarte adequado dos vasilhames de agrotóxico aplicado nas lavouras da região, oferecendo uma opção itinerante. Tudo em parceria com a Associação Goiana dos Empresários Revendedores de Produtos Agropecuários (Agerpa), Sindicato Rural de Trindade, Agro Defesa, Emater e a empresa Itagi Agro.

No final de agosto, haverá uma ação de recolhimento desses recipientes. Até agora já foram recolhidos 1.030 quilos de vasilhames, o equivalente a dois caminhões cheios do material contaminante que é descartado após uso na agricultura.

A agência também promoveu com o Sindicato Rural de Trindade e o Senar/Faeg cursos para pilotagem de drone, um recurso que ajuda muito quem vive no campo.

Foram oferecidos, ainda, cursos de jardinagem, olericultura para plantio de hortas, e para a aplicação correta de defensivos agrícolas.